Tudo sobre o meu intercâmbio no Canadá

Resolvi compartilhar com vocês minha experiência de intercâmbio cobrindo todos os detalhes. Muita gente tem interesse em fazer uma viagem assim e eu acredito que as informações que eu tenho possam ajudar os futuros intercambistas.

Bom, minha jornada começa antes mesmo de sair do Brasil. Sempre tive vontade de fazer um intercâmbio e viajar sozinha, e com a notícia de uma possível greve na minha universidade (na época eu cursava o quarto semestre de Administração na UnB), essa minha vontade se intensificou. Eu pensava, vou ficar fazendo o que aqui em Brasília? Conversei com minha mãe e ela me deu um ok. Eu poderia ir pra qualquer lugar do mundo, menos os Estados Unidos que ela não achava seguro. Começei minha pesquisa e acabei com dois países em mente: Canadá e Austrália. Minha mãe tem amigos que moram na Austrália e já de cara ela adorou, disse que eu poderia ficar na casa deles, eles me ajudariam a arrumar um emprego por lá também, enfim, perfeito né? Só que eu não queria nada disso, tudo fácil sabe? Então escolhi o Canadá onde eu não conhecia ninguém e onde faz um frio fora do normal. Vai entender! Fui em TODAS as agências de viagem da minha cidade. Pesquisei muito. Cursos, preços, cidades. Acabei fechando com a SBT pelo simples fato de os profissionais de lá terem me passado uma segurança maior.
Como eu já era formada em inglês, meu foco principal era ter a experiência de trabalho fora, até mesmo para ajudar nos gastos durante a viagem. Como no Canadá eles não oferecem apenas programas de trabalho – como é no caso dos Estados Unidos, onde você pode trabalhar por 3 meses sem qualquer curso de inglês – escolhi o programa estudo + trabalho (atenção: esse programa vai deixar de existir no Canadá a partir de junho de 2014), onde eu estudaria inglês por 4 meses e depois trabalharia por mais 4 meses. Dois pontos para esclarecer aqui: 1. Fiz questão de escolher uma escola que tivesse aulas de Business para agregar no meu currículo, uma vez que as aulas de inglês em si – grammar, writing, etc –  não eram meu foco 2. Eu poderia escolher entre trabalhar na cidade em restaurantes ou lojas, ou trabalhar nas montanhas em algum hotel. Como na época, uma das minhas ambições profissionais era ter um hotel, escolhi trabalhar nas montanhas onde eu teria a experiência no mercado hoteleiro.   
Bom, me restou escolher a cidade onde eu iria morar. Estava em dúvida entre Vancouver e Toronto – as duas cidades principais de língua inglesa – e o destino escolheu por mim. Na data que eu escolhi só tinha vaga na escola de Vancouver.  

No próximo post, eu falo da chegada em Vancouver, minhas primeiras impressões e como foi minha adaptação lá. Fiquem ligados! 

COMPARTILHE ESTE POST

2 pensamentos sobre “Tudo sobre o meu intercâmbio no Canadá”

    1. Oi Rachel, fico feliz que tenha gostado da minha história! Siga seus sonhos que vai chegar sua vez de contar muitas histórias 🙂 Beijos

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *